Sobre a Revista

Foco e Escopo

A Revista Brasileira de Processos Químicos (ISSN 2763-5406) busca difundir os mais recentes avanços em Tecnologia e Engenharia de Processos Químicos. Os artigos publicados abrangem as áreas de Análise Instrumental, Biotecnologia, Energia, Ensino na área de Química, Gestão, Inovação, Instrumentação e Controle de Processos, Materiais, Meio Ambiente, Nanotecnologia, Operações Unitárias, Qualidade e Sustentabilidade com aplicações nas diversas indústrias que executam processos químicos. Trabalhos em áreas correlatas e/ou multidisciplinares que se relacionem com a indústria química e seus processos também são muito bem-vindos.

As publicações da Revista Brasileira de Processos Químicos são completamente abertas, livre de taxas para autores e leitores, potencializando a difusão do conhecimento. Os recursos para a manutenção deste periódico são provindos da Faculdade de Tecnologia de Campinas do Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza.

Periodicidade

A revista tem periodicidade semestral.

Processo de Avaliação pelos Pares

Os trabalhos recebidos serão avaliados em duas etapas. Na primeira, o texto pode ser desqualificado por:
a) ser alheio ao escopo da revista;
b) ser uma revisão de literatura sem posicionamento crítico;
c) apresentar redação imprópria; e
d) apresentar problemas de formatação.

Na segunda etapa, os textos selecionados são enviados a avaliadores cadastrados, que avaliam a qualidade de escrita e de conteúdo. Se este avaliador emitir parecer negativo em relação ao item submetido para análise, o mesmo poderá ser submetido a um novo avaliador, havendo discordância de pareceres, será solicitado um terceiro parecer sobre o trabalho para sua publicação ou não.

Se a matéria for aceita para publicação, a revista permite-se introduzir ajustes de formatação ou mesmo pequenos ajustes de conteúdo.

Artigos aprovados com restrições serão encaminhados para os autores para que sejam reformulados. Nesses casos, a comissão editorial se reserva o direito de recusar o artigo, caso as alterações neles introduzidas não atendam às solicitações feitas pelos pareceristas.